esmaltes.

esmalte da semana.

00:59

Já há algum tempo eu estava querendo usar um bom e velho esmalte vermelho e não encontrei melhor ocasião do que o Natal. Escolhi um esmalte que estava meio encostado aqui nas minhas coisas, o Meu vermelho da Vult, e finalmente experimentei um esmalte da marca. O tom é um vermelho mais aberto, mas mesmo assim bem clássico, com acabamento totalmente cremoso.
Agora sim entendi porque todo mundo está falando tão bem dos esmaltes da Vult, ele é realmente MARAVILHOSO! Super bem pigmentado (cobriu com uma camada!), fácil de esmaltar, tem o pincel gordinho, secou rápido, tem brilho, enfim, tudo de bom mesmo!

nívea.

balms de latinha nivea.

04:34

Durante a viagem eu virei ALOUCA do lip balm, com o frio e principalmente o vento minha boca ficou bem ressecada e rachada, então não podia ver um balm que comprava, principalmente os mais baratinhos de farmácia.
Claro que eu não podia deixar de comprar algum balm da Nivea, já que ela é uma marca alemã. Na avenida Unter den Linden em Berlim, logo atrás do portão de Brandemburgo (um local bem turístico) há uma das maiores lojas da Nivea do mundo, tem de tudo da marca reunido em um único local. Eu já tinha visto e inclusive comprado coisas da Nivea em farmácias por lá, mas nessa loja encontrei um kit de balms de latinha de vários sabores por um preço mais amigo do que se eu tivesse comprado cada um separado. Vieram 4 balms no kit, nos seguintes "sabores", ou fragrâncias: Baunilha e Macadâmia, Blueberry, Framboesa e Coco.

Ele tem a consistência durinha, dá para ver na foto abaixo que eu já usei algumas vezes, ele está marcadinho, mas não afundou muito, portanto o produto rende bem. A hidratação é mediana, para o friozão que eu enfrentei tinha a necessidade de passar toda hora, mas aqui no Brasil pra gente acho que é suficiente. E o mais delicioso desse produto é mesmo o cheiro, super cheiroso, docinho, dá muita vontade de comer!
Eu paguei cerca de 10 euros no kit com os 4 sabores. Esses balms de latinha também são vendidos aqui no Brasil, mas acho que só o de Baunilha e Macadamia e o de Framboesa, eu acho que vale a pena se você procura uma hidratação mediana e um balm cheiroso que dá vontade de comer. Me contem nos comentários se vocês já usaram e se gostam do cheirinho tanto quanto eu.

make.

make real: básica e arrumadinha para almoço.

06:43

Fiz essa maquiagem para almoçar na casa de uma amiga querida há umas 2 semanas atrás, e com o fim de ano, se aproximando, principalmente o Natal a gente tem alguns almoços, compromissos de família que não quer aparecer super maquiada e nem de cara totalmente lavada, então pensei que essa poderia ser uma boa inspiração também.
Quis fazer uma pele simples mas bonita, que acho que foi o destaque dessa make. A base e o corretivo deram conta e usei um pó translúcido para finalizar, assim ficou bem feita mas sem cara de reboco, afinal é um almoço.

Nos lábios optei por gloss! Sei que muitas gostam de dar ênfase à boca, mas sabendo que você vai chegar e logo comer, qualquer batom vai sair. Então prefiro gloss, dá um ar de saúde, combina com verão e não vai ficar todo manchado quando você começar a comer. 

Nos olhos marquei o côncavo de leve com um marronzinho e usei uma sombra rosa clara cintilante (quem disse que não pode brilho de dia?) na pálpebra móvel, e um delineado super fino e discreto feito com um lápis cremoso marrom e pincel chanfrado, mais para dar volume aos cílios, e finalizando com bastante máscara, usei a mais resistente ao calor que eu tenho sem ser à prova d'agua.

Produtos usados na maquiagem:
Produtos usados na pele: Primer Blur Mágico da L'oreal, Base Normateint Vicky cor 15 Opal, mistura de corretivos Yes Cosmetics (não tem a cor escrita, mas é a mais clara) e corretivo Duda Molinos cor 01, mistura dos pós mais escuros da paleta de pós do Ebay, blush mosaico Vult e iluminador Duda Molinos. Esqueci de colocar na foto, mas também usei um pó solto HD (no caso da NYX) para finalizar tudo.
Produtos usados nos olhos e boca: Lápis jumbo NYX nas cores Milk e Dark Brown, sombra Duda Molinos cor Desert, sombra Quem Disse Berenice? cor Brancareia, paleta shimmer 88 cores Ebay (usei a sombra rosa clara assinalada), máscara They're Real da Benefit, duo para sobrancelhas NYX cor Blonde e gloss NYX cor Peach.

cremes.

hidratante corporal framboesa e sabugueiro aveo.

00:42

Vou começar a mostrar algumas das comprinhas que fiz na viagem, com o euro super alto não compramos tanta coisa, principalmente de marcas caras, a maioria dos produtos são de farmácia. Essa marca Aveo é a marca própria de uma farmácia alemã, a Müller. Escolhi esse em bisnaga de 200ml, na fragrância Framboesa e Sabugueiro.

Ele tem um cheirinho bem de framboesa com fundinho floral suave, doce na medida. É bem fluído, espalha super bem e o melhor é que a pele absorve rápido. Como é um hidratante mais fluído não oferece uma hidratação super potente, mas acho perfeito para a Primavera/ Verão porque ele não pesa nada na pele, não deixa melecado e a fragrância combina com o clima.
E o melhor de tudo é que por ser uma marca de farmácia tem o preço super amigo, ele custou cerca de 2 euros e valeu muito a pena! Se você está de viagem marcada para a Europa de atenção aos produtos baratinhos de farmácia porque eles tem boa qualidade e são bem baratos!

batons.

batom maybelline colorsensational cor 100 primeira vez.

01:00

Não faz muito tempo a Maybelline trouxe a linha de batons Colorsensational aqui para o Brasil, inclusive várias blogueiras ganharam uma caixa com todos os batons da linha! Como eu não ganhei fui humildemente em alguns quiosques da marca testar alguns, mas a grande maioria dos tons que achei mais bonitos estão sempre em falta.
Entre as opções que consegui encontrar escolhi um rosinha para testar, a cor é a 100 Primeira Vez. Esses batons vieram com vários acabamento disponíveis, e esse é um bem cremoso.

Como você podem ver tanto no swatch quanto nos lábios ele fica sim com um acabamento bem molhadinho nos lábios, parece até mesmo que ele tem uns microbrilhinhos que ajudam a dar esse brilho. O bom é que ele é super hidratante, ideal para o dia a dia, tempos mais secos, eu levei para a viagem e usei alguns dias.
Como é bem cremoso o acabamento dele é mais translúcido e não dura tanto assim nos lábios, mas acho normal pra esse tipo de acabamento. O tom é um rosa bem clarinho de fundo mais frio, em mim que sou branquinha achei que ficou bonito e com o acabamento mais translúcido e molhadinho dá aquela impressão de "boca suculenta" sabe?
Eu gostei bastante do tom para o dia a dia, trabalho, faculdade, etc. O valor dessa linha está ntre R$20, R$25, acho que vale a pena por ser um batom de boa qualidade.

blant colors.

esmalte da semana.

01:10

Vou dar uma pequena pausa nos Diários de Viagem (ainda faltam 2 posts sobre a Alemanha) essa semana para mostrar alguns produtinhos que tenho usado, algumas outras coisas. Venho hoje mostrar o esmalte que estou usando essa semana, o Tempo de Flores da Blant.
Ele é um lilás pastel bem vivo e frio, um tom diferente que simplesmente amei nas minhas unhas! O acabamento dele é totalmente cremoso, e é super bem pigmentado, cobre praticamente com uma camada, tem um brilho bonito que é só dele mesmo. Foi fácil de passar, de limpar e secou rápido, super aprovado!

viagem.

diário de viagem: volendam, marken e moinhos.

01:05

E o último passeio pela Holanda foi para cidadezinhas bem próximas, em um total de mais ou menos 6h de passeio, para visitar uma fábrica de queijos holandeses, visitar uma fábrica de tamancos e uma cidadezinha que ainda tem alguns moinhos de vento, as cidades são Volendam e Marken.
Também compramos o passeio na Tours & Tickets (mesmo local que compramos o passeio de Bruges), e ele foi 45 euros, com transporte e guia inclusos.

O moinho é o Zaansche Molen,e foi muito bacana porque podemos entrar dentro dele. Foi um dos dias do pior tempo durante a viagem, MUITO vento, frio e chuva, a gente sofreu bastante com o tempo durante esse passeio. Em Marken também entramos na fábrica de tamancos e temos uma demonstração de como eles são feitos. Da mesma forma em Volendam na fábrica de queijos; de todas Volendam parece ser uma cidade um pouquinho maior, tem mais comércio, restaurantes, é uma cidade mais portuária; mas as outras são cidadezinhas mesmo.

E foi essa minha incrível experiência na Holanda. Como eu disse já quero voltar pra Amsterdã para passar mais um tempo lá, nos próximos posts vou contar para vocês um pouquinho do que conheci na Alemanha. Se quiser saber mais sobre minha viagem para a Grécia seguem links dos posts: AtenasDelfos e MeteoraMykonos e DelosSantorini e Creta.

viagem.

diário de viagem: bruges.

01:18

Um dos passeios que fizemos para fora de Amsterdã foi para Bruges, na Bélgica, há cerca de 4 horas de ônibus da cidade. Pelas ruas de Amsterdã é muito fácil encontrar lojas da Tours & Tickets que oferecem diversos tipos de passeios, fechamos os dois com eles, o de Bruges é um passeio de dia inteiro, custou 90 euros, com transporte e guia incluídos, e valeu cada centavo.
Bruges é uma cidadezinha pequena bastante turística e interessante, com um centro histórico medieval super bem conservado (parece que foi restaurado em 2001 e hoje e patrimônio histórico da Unesco), é linda! Existem algumas igrejas e até mesmo um dos poucos hospitais medievais restantes na Europa.
Acho que as imagens falam tudo! Não é um passeio barato, mas é praticamente obrigatório pra quem gosta de cidades históricas e está passando pela região.Se quiser saber mais sobre minha viagem para a Grécia seguem links dos posts: AtenasDelfos e MeteoraMykonos e DelosSantorini e Creta.

viagem.

diário de viagem: amsterdã.

01:03

Como muitas meninas perguntaram querendo saber sobre minha viagem vou fazer alguns posts com um resumão de como foi. Já peço desculpa porque como estava de férias não fiz nenhuma foto etc pensando especificamente no blog, são meus registros pessoais mesmo que vou compartilhar com vocês. Quem me segue no insta (segue lá é @liviaalli) já viu várias fotos que eu postei em tempo real. Quando eu estive na Grécia, em 2012, fiz vários posts sobre a viagem, vou deixar no final de cada post de viagem os links para quem quiser conferir.

Depois desse blah blah blah de introdução vamos ao que realmente interessa! Minha primeira parada foi Amsterdã, e provavelmente o lugar mais encantador da Europa que eu já estive. É uma cidade pequena, que você consegue conhecer praticamente inteira a pé, não é muito barata, mas a qualidade de vida é visível! Fiquei lá num total de 6 dias, 2 dias usados para passeios fora da cidade, então tive 4 dias intensos para conhecer a cidade, e acho que foi suficiente para ver o principal.
Me hospedei no hotel RHO (site do hotel) e deu tudo certo, o quarto confortável e achei principalmente muito bem localizado (o que mais é importante para mim em viagens). Ele fica ao lado da Dam Square (praça das minhas primeiras fotos), lá se encontram já algumas atrações da cidade como a Igreja Nova (onde estava ocorrendo uma exposição sobre Roma, eu entrei a entrada custou cerca de 16 euros, preço médio para entrar na maioria de museus, etc), o antigo Palácio Real, como também o Madame Tussads; do outro lado da praça uma grande loja de marcas de luxo, um tipo de Galeria Laffayete, a De Bijenkorf. Seguindo a avenida que passa no meio da praça (cheia de lojas de comércio, lojas de souvenir, restaurantes) a Damrak chega-se à Estação Central da Amsterdã. A rua paralela a Damrak, Nieuwendijk, também está recheada de restaurantes e lojas como H&M, Zara, Bershka, The Body Shop etc; outra dessas famosas ruas de comércio que sai da mesma praça é a Kalverstraat.
 Dam Square (atrás de mim o antigo Palácio Real e mais à direta a Igreja Nova)/ Dam Square/ Avenida Damrak/ Bicicletas

Como eu disse Amsterdã é uma cidade linda, cheia de qualidade de vida e muito charmosa com os seus canais, vale a pena fazer um passeio de barco para ver a cidade da água.
 Ruas e canais de Amsterdã/ Estação Central

Perto do hotel também se encontrava a Igreja Velha, que já é praticamente no limite do Distrito da Luz Vermelha, é só atravessar o canal. Existe sim esse cunho sexual da cidade no Distrito onde as prostitutas se exibem em vitrines (é proibido fotografá-las), sex shops etc. O uso de maconha também é legalizado, mas ele se restringe a certos locais da cidade, principalmente aos "coffe shops."
Igreja Velha/ Ruas em torno da Igreja Velha/ Igreja Velha/ Distrito da Luz Vermelha

A cidade é super histórica e é possível ver isso por todos os lados, alguns lugares imperdíveis são o Rijksmuseum (o maior museu da cidade, com obras de mestres holandeses como Rembrandt e Vermeer), o Museu Van Gogh, e atrás dele ainda há o Museu Stedelijk com obras mais contemporâneas. Não lembro exatamente o valor para entrar em cada museu, mas foi cerca de uns 18 euros. Ao lado desses museus fica um parque super famoso, o Vondelpark, que com certeza na Primavera e Verão deve ser um passeio mais agradável do que no já bem mais frio fim de Outono que eu peguei.
Rijksmuseum / Museu Van Gogh/ Gramado em frente ao Rijksmuseum  

Outros lugares bacanas são o Museu/ Casa do Rembrandt (entrada 12,50 euros), e a tão famosa casa de Anne Frank (entrada 9 euros), o bairro da casa da Anne, antigo bairro judeu é bem gostoso de passear também, tem uma igreja bem bonita em frente. 
Perto da Estação Central, tem o Museu Nemo, um museu de ciência e tecnologia, eu só vi de fora, e ao lado dele o Museu Marítimo Nacional. Outro lugar bacana principalmente se você gosta de cerveja e está viajando com uma turma é a Heineken Experience (16 euros a entrada), um espaço interativo da marca de cerveja que foi montado na sua antiga fábrica. Eu, particularmente, de cervejas holandesas, prefiro a Amstel, que pude tomar algumas vezes em pubs perto do meu hotel.

É isso, espero que tenha matado um pouco da curiosidade de vocês com esse post, em resumo é uma cidade maravilhosa que vale muito a pena conhecer; eu inclusive fiquei com vontade de passar um tempo maior por lá. Se quiser saber mais sobre minha viagem para a Grécia seguem links dos posts: Atenas, Delfos e Meteora, Mykonos e Delos, Santorini e Creta.

favoritos.

favoritos de novembro.

02:58

 Depois de meses sem mostrar favoritos venho com os favoritos de Novembro. Novembro foi meu mês de férias, até por isso fiquei bem sumidinha aqui do blog, viajei muito, estava na Europa no finalzinho do Outono, um clima bem friozinho diferente daqui. Levei alguns produtos salvadores na necessaire então foi fácil separar o que mais usei:
O primeiro item é o tradicional creme Nívea, aquele da latinha mesmo. Esse eu comprei na viagem porque a minha pele (do rosto e do corpo) estava toda detonada, rachando muito por causa do frio, e usei bastante lá. Seguindo esse mesma linha de hidratação por causa do frio usei muito lip balm; vários deles, mas acho que o mais usado foi mesmo o Baby Lips da Maybelline na cor Cherry Me.
Para dar um jeito na pele usei uma amostrinha do Porefessional da Benefit junto com a base Bareskin da Bareminerals (resenha aqui), para arrematar a pó Mineralize Skinfinish Natural da MAC (minha cor é a Light) tudo para deixar uma pele com aspecto bem natural e bonito, não precisava ser nada super matte pois estava bem frio. E continuo usando essa combinação de dois corretivos pastosos da Yes Cosmetics e Duda Molinos para ver se terminam.

batons.

batom liquido matte cor colan marsala dailus.

07:24

Já é Dezembro, 2015 está finalmente acabando, mas ainda dá tempo para falar de batom Marsala, a tão famosa cor do ano, não dá? Vim mostrar mais um batom líquido matte da Dailus, na cor Colan Marsala. Acho que todo mundo já conhece os batons líquidos da Dailus, acredito que foram os primeiros nacionais e mais famosos, tenho algumas cores deles e resenha do Coque Alto e Balancê.

Já pude perceber, como outras meninas, algumas características mais fortes desses batons da Dailus, como terem a textura um pouco mais grossa e secarem extremamente matte! Mas eles também tem boas diferenças dependendo da cor, acredito que por serem praticamente puro pigmento isso varie mesmo. No caso do Colan Marsala acho que é uma das cores de melhor qualidade da Dailus que eu já testei.
Ele tem um tom marsala marrom com um toque vinho, que EM MIM, que sou bem branquela, não fica nada de nude, ou tom de boca, fica bem escuro sim! Mas um escuro super chic, não é aquele batom escuro gótico (que eu também amo, mas não é o caso desse.) Já vi bastante variação em swtches e fotos desse batom, em algumas meninas ele quase parece um rosa/ malva antigo, mais claro, em mim ficou mesmo bem escuro.

A textura é grossinha e ele seca bem sim, MAS, diferente de outras cores da marca ele não fica desconfortável nos lábios! Outro ponto positivo que percebi nessa cor, é que é a aplicação fica super uniforme mesmo sendo um tom escuro!
Dá para perceber bem nesse close dos lábios como ele fica sequinho, super bem pigmentado e uniforme! A Dailus está de parabéns pela formulação dessa cor, e a duração também percebi ser bem maior do que a das demais cores; resistiu várias horas nos meus lábios e eu precisei de demaquilante para tirar o swatch do braço! O preço dele varia, mas está na média dos R$20, e recomendo muito para quem está a procura de um batom com um tom chic, e de boa qualidade!

passado.